Boa noite, Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
TAXAÇÃO DO AGRONEGÓCIO
Senador cobra investigação em cooperativa de "barão" suspeita de sonegar R$ 1 bilhão em MT
Em 2015, CPI da AL encaminhou investigação apontando fraudes para a PF, Ministério Público e Receita Federal
17/10/2018 - 10h46 - Fonte: Folha max

O senador eleito Jayme Campos (DEM) cobrou de órgãos como Tribunal de Contas, Polícia Federal e Ministério Público a abertura das investigações para apurar a denúncia formalizada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa que constatou a sonegação de impostos por parte da Cooperativa Agroindustrial de Mato Grosso (Cooamat), ligada ao empresário Eraí Maggi (PP). Segundo relatório da CPI, aprovado em janeiro de 2015, a sonegação de impostos por parte do “Rei da Soja” é de cerca de R$ 1 bilhão.

Indignado, Jayme destaca que a CPI apontou as irregularidades cometidas que demonstram que a empresa burlou o fisco estadual e federal. O democrata ainda comenta que é necessária uma resposta para sociedade que acompanhou o caso. “Está mais do que na hora de reabrir as investigações. É uma situação esdruxula!”, disse ele em entrevista ao Resumo do dia, nesta segunda-feira (15), em Cuiabá. 

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::