Boa noite, Quinta-Feira, 17 de Agosto de 2017
EXPORTAÇÕES
MT tem saldo positivo nas exportações
A balança comercial de Mato Grosso permanece superavitária, com saldo positivo de US$ 5,918 bilhões no acumulado de janeiro a maio deste ano.
12/06/2017 - 06h20 - Fonte: Silvana Bazzani A Gazeta

 

A balança comercial de Mato Grosso permanece superavitária, com saldo positivo de US$ 5,918 bilhões no acumulado de janeiro a maio deste ano. O resultado é assegurado pelo predomínio das exportações sobre as importações no Estado. Com esse desempenho, Mato Grosso responde por 20% do saldo comercial do país. Conforme divulgado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), nos 5 meses de 2017, o superávit da balança comercial brasileira soma US$ 29 bilhões, valor 47,5% acima dos US$ 19,682 bilhões computados no mesmo período do último ano. 

Já em Mato Grosso, o saldo comercial encolheu em 7,43% em comparação com os 5 primeiros meses de 2016 (US$ 6,393 bilhões). Antes do término do 1º semestre de 2017 Mato Grosso vendeu 15,861 milhões de toneladas de produtos para outros países. Nesse período, prevalecem os embarques de soja e com destino à China, principal parceiro comercial do Estado. 

As vendas movimentaram US$ 6,523 bilhões no acumulado de janeiro a maio, sendo 5,52% a menos que no mesmo período de 2016. No último ano, foram comercializadas 20,966 milhões de toneladas de produtos mato-grossenses ao valor total de US$ 6,904 bilhões. “Houve uma pequena recuperação dos preços dos produtos, especialmente da soja”, comenta o economista Vítor Galesso, ao avaliar o saldo das exportações quase equiparado ao de 2016 apesar da diminuição de 24,34% no volume total de embarques.

“Não foram grandes aumentos de preços, mas que oferecem resposta à demanda, particularmente do pessoal da soja”, comenta. “Impulsionou o produtor a fechar vendas”. Segundo ele, a recente valorização do dólar favorece as exportações e, consequentemente, aquece a economia local, complementa o economista. 

E, por falar em soja, a commodity deteve participação de 79,93% no saldo acumulado das exportações do Estado, ao somar 13,516 milhões de toneladas comercializadas ao valor total de US$ 5,214 bilhões, de janeiro a maio. 

Na lista dos principais parceiros comerciais de Mato Grosso, a China permanece no topo, ao absorver 47,78% das exportações do Estado. Entre janeiro a maio deste ano, o consumo do gigante asiático rendeu US$ 3,112 bilhões aos exportadores mato-grossenses. Entre os dez maiores importadores de produtos mato-grossenses estão, ainda, a Holanda/Países Baixos (US$ 449,433 milhões), Tailândia (US$ 443,426 milhões), Espanha (US$ 365,316 milhões), Irã (US$ 295,1 milhões), Indonésia (US$ 259,357 milhões), Rússia (US$ 148,727 milhões), Hong Kong (US$ 125,429 milhões), Vietnã (US$ 115,186 milhões) e Turquia (US$ 104,166 milhões).

Como maiores exportadores de Mato Grosso estão os municípios de Sorriso (US$ 672,570 milhões), Rondonópolis (US$ 465,198 milhões), Nova Mutum (US$ 336,377 milhões), Primavera do Leste (US$ 294,356 milhões), Lucas do Rio Verde (US$ 286,166 milhões), Campo Novo do Parecis (US$ 260,111 milhões), Querência (US$ 254,156 milhões) e Sinop (US$ 244,852 milhões).

Comente através do facebook:
ENQUETE »
O que você pensa da proposta Reforma da Previdência ?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::