Boa noite, Quinta-Feira, 22 de Fevereiro de 2018
NOVO CICLO
Professores são capacitados dentro do modelo pedagógico da Escola Plena
Rede estadual passa a contar com 40 unidades de ensino integral em 27 municípios
01/02/2018 - 16h43 - Fonte: Seduc-MT

Um novo ciclo das escolas integrais começa em Mato Grosso no ano letivo de 2018, e para fortalecer as práticas pedagógicas das Escolas Plenas, professores formadores participaram, durante três dias, de uma capacitação sobre o modelo educacional, que funciona desde o ano passado na rede estadual.

De acordo com Waleska Gonçalves de Lima, da Coordenadoria de Ensino Integral da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), os formadores são o foco da formação, que vão apoiar as escolas durante a Semana Pedagógica.

“É, de fato, um novo ciclo. Por isso, essa formação é importante, saímos de 14 escolas e estamos chegando a 40, em 27 municípios. Esse é o ano de crescimento, novas escolas estão no programa e temos que operar a equipe, para iniciar o entendimento do modelo pedagógico e de gestão”, lembrou.

O primeiro momento, conforme Waleska, é de sensibilização com o projeto, que vai ser desdobrado durante o ano. “A parceria com o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) foi finalizada no ano passado, agora, o modelo ficou no estado e já estamos prontos e preparados para assumir essa implantação”.

Entre os formadores que participam da capacitação, está Lucy Gomes da Mata, do Centro de Formação de Rondonópolis. Ela e os colegas formadores vão atender as Escolas Plenas da Região Sul.

“Esse é meu primeiro ano como formadora, então, precisamos aprofundar o que já sabíamos. A capacitação foi proveitosa, tiramos muitas dúvidas. É um bom momento para as Escolas Plenas”, destacou.

Segundo a formadora, o modelo ganhou força neste ano. “Está crescendo, se expandindo e dando bons resultados. O melhor disso é que podemos adotar algumas práticas, como a pedagogia da presença, em outras escolas”.

Mais equipes

Também participaram da formação, gestores e professores de duas escolas que adotaram o modelo em 2018. Exemplo disso, são os profissionais do município de São José do Rio Claro.

A diretora da Escola São José do Rio Claro, Márcia Regina Fernandes, reuniu a equipe da gestão e veio para a formação. Mesmo sem ser o público alvo, ela sentiu a necessidade, diante dos novos desafios.

“Como é o nosso primeiro ano, consideramos importante esclarecer as dúvidas que a equipe gestora têm. Então, pedimos para participar e estamos aqui, para abraçar a causa”, concluiu.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::