Bom dia, Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018
PROTESTO DE CAMINHONEIROS
2 cidades já estão sem combustível em MT e estoque dura mais 2 dias na Capital
Veículos fazem filas em posto de Diamantino. População teme falta do produto. Sindipetróleo confirma desabastecimento em Tangará da Serra e Tapurah
23/05/2018 - 16h45 - Fonte: Rd News

 

Pelo menos duas cidades de Mato Grosso, Tapurah e Tangara da Serra, já sofrem com desabastecimento de combustíveis devido à paralisação dos caminhoneiros. O risco de faltar produto nos próximos dias preocupa o Sindipetróleo-MT, que representa os comerciantes de combustíveis, pois a maioria dos postos tem depósito com capacidade para atender a demanda entre 5 a 7 dias.

Os bloqueios nas rodovias entraram no terceiro dia nesta quarta (23). A mobilização já está provocando uma busca desenfreada dos donos de veículos aos postos, principalmente no interior, que tradicionalmente tem mais dificuldade de receber novos carregamentos de produtos. Em Diamantino, motoristas fazem filas para garantir o tanque cheio.

Veículos fazem filas em posto de Diamantino. População teme falta do produto. Sindipetróleo confirma desabastecimento em Tangará da Serra e Tapurah

Outra consequência dos bloqueios nas rodovias é o aumento do preço do combustível. A reportagem do  passou por cinco estabelecimentos em Cuiabá, dois na Carmindo de Campose os outros três nas avenidas  XV de Novembro e Beira Rio e rua Barão de Melgaço. Na pesquisa, a reportagem já observou acréscimo de até R$ 0,10 centavos por litro na bomba tanto no preço do etanol quanto no da gasolina. Há informação de que o estoque só dá para mais dois dias, caso os cami nhões não cheguem para abastecer. Em um dos postos, o estoque deve durar só por um dia. A previsão, segundo de frentistas, é que o preço do litro da gasolina chegue a R$ 5 se o cenário não mudar. "Nosso gerente já avisou que vai subir e a gasolina vai custar R$ 5", disse um frentista que não quis se identificar.

Segundo o Sindipetróleo, o desabastecimento é pontual e a grande maioria dos postos de combustíveis de Mato Grosso tem capacidade de armazenagem por até uma semana. O Sindicato destaca que no Estado o preço ddo diesel e da gasolina está acima de R$ 4, chegando a R$ 4,83 em Alta Floresta, e ainda lembra que pelo anúncio da Petrobras, o preço do diesel deve receber aumento de 0,97% e o da gasolina um aumento de 0,9%. Com isso, os preços devem sair das refinarias em R$ 2,3716 o litro do diesel e R$ 2,0867o litro da gasolina, sem conseguir prever quanto será o preço na bomba.

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Em sua opinião estamos em um momento de crise financeira ou crise politica no Brasil?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::