Bom dia, Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017
CAPACITAÇÃO
Curso discute adequação ambiental de propriedade rural
Na obra estão reunidos conhecimentos sobre a ocorrência das espécies arbóreas e a associa a tipologia vegetal mapeada pelo projeto RadamBrasil.
29/11/2017 - 16h00 - Fonte: Sema-MT

O curso ‘Adequação Ambiental da Propriedade Rural em Mato Grosso’, realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), teve início nesta quarta-feira (29.11), em Cuiabá. Cerca de 200 pessoas entre profissionais liberais, proprietários rurais, técnicos e estudantes participam da capacitação que segue até sexta-feira (01.12) das 8h às 18h, no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato).

Conforme a analista ambiental da Sema que está à frente da atividade, Ligia Nara Vendramin, a proposta do curso é orientar as pessoas sobre os temas de recomposição florestal diária. “Um dos objetivos da secretaria é promover a regularização ambiental e a ideia do evento é auxiliar as pessoas a fazer a restauração florestal, que faz parte do processo de regularização”.

A fim de facilitar a compreensão sobre o tema, Ligia informa que será lançado no evento o livro "Flora Arbórea de Mato Grosso: Tipologias vegetais e suas espécies", escrito por ela e mais dois analistas ambientais da secretaria. Na obra estão reunidos conhecimentos sobre a ocorrência das espécies arbóreas e a associa a tipologia vegetal mapeada pelo projeto RadamBrasil.

“Este é um material prático e de fácil consulta para indicação de espécies por bioma, tipologia e região. Ele é importante para auxiliar em descrições de ambientes, na indicação de espécie para uso na recuperação de áreas degradadas, na implantação de sistemas agroflorestais e para conhecimento da diversidade da flora arbórea do estado”, explica Ligia.

Programação

Durante a abertura do curso, ocorrida na manhã desta quarta-feira, foram discutidas as ‘características ecológicas dos biomas, estratégias de reprodução das plantas, impactos antrópicos e suas implicações para a restauração’. O evento seguiu com aulas sobre o ambiente savânico; Pantanal e conservação da biodiversidade do bioma Cerrado. No período da tarde o grupo tratou do tema bioma Cerrado e ambiente florestal.

Na quinta-feira (30.11), a capacitação iniciará às 8h com o tema ‘estratégias de recomposição’ e encerra a manhã debatendo as ‘estratégias de recomposição para espécies herbáceas’. Depois do almoço, às 14h, a turma irá tratar até às 18h dos riscos e desafios associados à RAD e do monitoramento de trabalhos de recomposição.

No dia 01.12, a partir das 8h, terão orientações de como fazer avaliação da área e escolha das ações de restauração e sobre as atividades de recomposição/restauração de vegetação. No período da tarde, das 14 às 17h, os alunos finalizarão o curso com uma aula sobre recomposição em MT. Após os três dias participação no evento os participantes receberão um certificado de 24 horas-aulas.

Parceiros

Entre as instituições que contribuem para a realização do curso estão: Critical Ecosystem Partnership Fund, Rede Sementes do Cerrado, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversdade (ICMBIO), Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB), GIZ – Cooperação Técnica Alemã, Associação Mato-grossense dos Engenheiros Florestais (Amef), Projeto Biomas, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Serviço Florestal Brasileiro, Fiemt, Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Matogrosso (Cipem), BNDES, Sebrae e John Deere.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::