Boa noite, Domingo, 16 de Dezembro de 2018
MEIO AMBIENTE
Prefeitura executa ações de plano de recuperação de áreas degradadas no aeroporto
omo explica a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciane Bertinatto, a escolha do aeroporto para a realização da aula de educação ambiental foi estratégica
18/10/2018 - 16h12 - Fonte: GC NOTICIAS

Olhares atentos a cada explicação e ao movimento de aeronaves no aeroporto João Baptista Figueiredo. O sobe e desce de aviões explicado minuciosamente, curiosidades sobre equipamentos sanadas e um universo de conhecimento ao alcance dos olhos. De quebra, uma lição de educação ambiental com o plantio de 200 mudas de árvores nativas. Experiências que ficarão marcadas na rotina acadêmica de um grupo de aproximadamente 40 estudantes da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Uilibaldo Vieira Gobbo.

Participantes de uma ação conduzida pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), na manhã desta quinta-feira, 18, turmas de 4º e 5º anos do ensino fundamental vivenciaram um roteiro diferente daqueles realizados, diariamente, em seus ambientes escolares. “O que me chamou a atenção foram os aviões voando. Estou gostando muito”, disse, com olhar de encantamento, Estevão Carvalho de Souza Narciso, de 10 anos, aluno do 4º ano.

Opinião semelhante do colega Ricardo Neriton de Souza, 11 anos, que aproveitou a oportunidade para reaprender aquilo que já tinha conhecimento e descobrir coisas novas. Entre elas, como preparar mudas para o plantio.  “Conhecer mais sobre aqui é muito bom. Nós vimos muitos aviões aterrissando e decolando e foi uma experiência muito boa”, expressou.

Como explica a secretária municipal de Meio Ambiente, Luciane Bertinatto, a escolha do aeroporto para a realização da aula de educação ambiental foi estratégica, uma vez que aquela região está inserida no Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD), celebrado entre o município e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), devendo, na área, haver a semeadura de mudas nativas de portes pequeno a médio, não incluindo frutíferas. Aproveitando o cenário local, nada melhor que realizar uma visita guiada pelo terminal aeroportuário e conhecer seu mecanismo de operação.

“Este aqui é o cumprimento de um PRAD - Plano de Recuperação de Área Degradada - dentro do processo de licenciamento. A prefeita Rosana determinou que fosse solucionado tudo isso para que não tivéssemos pendências com relação ambiental. E estamos aproveitando esse momento para fazer a interação da escola com o aeroporto, com a comunidade escolar. Temos uma turma de 40 alunos para conhecer o funcionamento, ampliar o seu nível de conhecimento e também de fazer um projeto de educação ambiental. Ou seja, como plantar uma árvore, o porquê de ela estar aqui. Juntar as ações que são necessárias com educação ambiental que é a nossa meta”, expressou a gestora.

Todas as mudas foram plantadas na área localizada aos fundos do estacionamento. Com a parceria da Secretaria de Planejamento, Finanças e Orçamento, responsável pelo aeroporto, os estudantes conheceram as dependências do espaço, acompanharam a dinâmica de pousos e decolagens. Tudo acompanhado pelo gerente de administração do estabelecimento, Frederico Bernardo Silva.

“É muito grato para nós, do aeroporto, recebermos as crianças do colégio que está fazendo um trabalho que serve de recomposição de uma área apontada pela Secretaria de Meio Ambiente. Em segundo lugar, é um prazer receber as crianças pelo incentivo em termos de mostrar, tecnicamente, alguns detalhes, curiosidades, mas, principalmente, estimular o interesse por aviação. Não é só vir ao aeroporto, mas compreender o processo de entrada, de pegar passagem, de embarcar, de distinguir um avião comercial de um outro privado ”, destacou o administrador.

As secretarias de Educação, Esporte e Cultura (S.M.E.E.C), Obras e Desenvolvimento Econômico (SEDEC) também foram parceiras da ação. Ao avaliar a dinâmica desta quinta-feira, 18, a diretora da EMEB Uilibaldo Vieira Gobbo, Vilma da Silva Cunha lembrou esta foi uma “aula muito importante para as crianças. Para eles, será importante porque é uma aula explicativa desde como eles entram, como tem que andar, comportar. Tem crianças que nunca vieram e nem sabia onde ficava o aeroporto. Nessa ação ficará marcada para eles”, salientou a educadora.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::