Bom dia, Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017
60 DIAS
Governo assina suspensão de investigação contra tenente Ledur
Desde e a morte do aluno, Ledur apresentou seis licenças médicas que indicavam um quadro de depressão profunda, o que acabou interrompendo as investigações.
04/12/2017 - 11h31 - Fonte: Olhar Direto

Foi publicado no Diário Oficial do Estado da última sexta-feira (1) a assinatura da suspensão dos trabalhos do Conselho de Justificação dos Bombeiros, que investigava a conduta da tenente Isadora Ledur, indiciada por tortura no caso que resultou na morte do aluno soldado Rodrigo Patrício Lima Claro, 21, em novembro de 2016. A suspensão tem prazo de 60 dias, contados a partir do último dia 14 de novembro.

Por causa da morte de Rodrigo, a conduta de Ledur passou a ser investigada. No entanto, no último dia 6 de novembro ela recebeu dois meses de licença médica, que devem durar até o mês de janeiro. Desde e a morte do aluno, Ledur apresentou seis licenças médicas que indicavam um quadro de depressão profunda, o que acabou interrompendo as investigações.

Um outro ex-aluno da tenente também entrou com um processo na Justiça contra ela, apontando tortura sofrida por ele enquanto participava do treinamento dos bombeiros. A defesa da tenente afirmou que ainda não foram intimados pela Justiça.

O caso
 
Rodrigo Patrício Lima Claro, de 21 anos, ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e faleceu por volta de 1h40 do dia 16 de novembro. Ele teria sido dispensado no final do treinamento do curso dos bombeiros, após reclamar de dores na cabeça e exaustão. O Corpo de Bombeiros informou que já no Batalhão ele teria se queixado das dores e foi levado para a policlínica em frente à instituição.
 
Ali, sofreu duas convulsões e foi encaminhado em estado crítico ao Jardim Cuiabá, onde permaneceu internado em coma, mas acabou falecendo. O corpo de Rodrigo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, mas análise preliminares não apontaram a real causa da morte e por isso exames complementares serão realizados, de acordo com a perícia criminal.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::