Bom dia, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
ENVELOPE VAZIO
Incêndio criminoso no Bradesco pode ter sido usado para 'maquiar' estelionato
Imagens de câmeras de segurança da região e da agência bancária também devem ser utilizadas para tentar identificar o responsável pelo incêndio.
06/09/2018 - 09h20 - Fonte: Olhar Direto

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil, investiga a possibilidade de que o incêndio criminoso cometido em uma agência do Bradesco, no fim da noite da última quarta-feira (05), na avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, possa ter sido usado para maquiar um estelionato.
 
“Nestes casos de incêndio de terminal, é provável que haja tentativa de estelionato. Os criminosos fazem uma série de depósitos de envelopes vazios no dia anterior, incendeiam o terminal e posteriormente vão cobrar do banco ressarcimento pelos depósitos feitos através do envelope vazio”, explicou ao Olhar Direto o delegado Diogo Santana, titular da GCCO.
 
Porém, Diogo lembrou que o golpe é facilmente descoberto: “O banco tem condições de apurar quem realizou depósito verdadeiro e quais foram os vazios, mesmo com a queima do terminal. Portanto, com estes dados, conseguimos identificar quem seria o estelionatário e também o autor do incêndio”.
 
Imagens de câmeras de segurança da região e da agência bancária também devem ser utilizadas para tentar identificar o responsável pelo incêndio.
 
O caso
 
Uma agência do Banco Bradesco, localizada na avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, foi alvo de pelo menos um criminoso, na noite da última quarta-feira (05). De posse de um galão com combustível, o suspeito ateou fogo em um dos terminais. O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado e ninguém ficou ferido.
 
A ação ocorreu no fim da noite, por volta das 23 horas, segundo a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). O suspeito estava com um galão com combustível e ateou fogo no terminal da agência. O fogo se espalhou e chegou a atingir o teto e algumas outras partes do banco.
 
O Corpo de Bombeiros foi acionado e rapidamente seguiu para o local, onde controlou as chamas e evitou danos maiores à agência. O delegado Diogo Santana, titular da GCCO, ainda explicou 

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::