Boa noite, Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
CASO PEDRO VICTOR
Preso casal acusado de matar estudante de direito a facadas
A vítima ainda conseguiu correr por aproximadamente 50 metros até a casa de um morador, que abriu a porta após escutar pedidos de socorro
01/11/2018 - 10h41 - Fonte: Olhar direto

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu, na manhã desta quinta-feira (01), um casal acusado de matar o estudante de direito, Pedro Victor de Almeida Peroso, assassinado a facadas na madrugada do dia 19 de outubro, no bairro Princesa do Sol, em Várzea Grande.
 
Conforme as informações da Polícia Civil, a prisão das duas pessoas ocorreu nesta manhã. O caso está sendo comandado pela delegada Jannira Laranjeira.
 
O caso
 
Conforme informações da Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 05h30. A briga entre a vítima e o suposto agressor teria começado dentro do carro dela. Em dado momento, Pedro recebeu duas facadas, na altura do abdômen.
 
A vítima ainda conseguiu correr por aproximadamente 50 metros até a casa de um morador, que abriu a porta após escutar pedidos de socorro. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas Pedro não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.
 
No veículo da vítima, encontrado há alguns metros do local onde ele pediu ajuda, foram encontradas latas de cerveja. Além disto, havia uma pedra, que foi atirada no vidro do lado do motorista. Havia manchas de sangue dentro do carro, o que também contribui para os indícios que a briga teria começado por lá.
 
A vítima é moradora do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande. O celular de Pedro foi encontrado também próximo do local. Ele era motorista da Uber, mas não trabalhava no momento do ocorrido.

Mais informações em instantes.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::