Boa noite, Sábado, 18 de Novembro de 2017
SISTEMA PENITENCIÁRIO
Sejudh firma parceria com OAB e reforma parlatório de Penitenciária Central
A Penitenciária Central abriga atualmente 2 mil presos.
17/10/2017 - 16h06 - Fonte: Sejudh/MT

Um espaço com mais estrutura para o atendimento a advogados de reeducandos da Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá, começou a funcionar nesta segunda-feira (16.10) na maior unidade prisional de Mato Grosso. O parlatório recebeu reforma geral, está climatizado e com mais posições para atendimento. A reforma contou com a parceria da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso, e ampliou para nove o número de baias de atendimento.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Fausto Freitas, visitou o local e destacou o esforço para adequar o espaço do parlatório, assim como outras dependências da penitenciária para servidores e recuperandos. O gestor da Sejudh conferiu a reforma realizada no raio 5, iniciada pela ala A e agora seguirá para as dependências da ala B. “São importantes as parcerias para que possamos dar uma estrutura melhor ao trabalho de quem atua no sistema de justiça penal. E este auxílio da OAB na reforma do parlatório foi fundamental para um ambiente mais estruturado”, observou Fausto Freitas

A secretaria organizou junto com a OAB um sistema de agendamento online para os advogados na penitenciária. A medida visa garantir celeridade ao trabalho dos profissionais e no deslocamento dos reeducandos para o atendimento. O pedido de agendamento é realizado por meio de um link disponibilizado no site da Sejudh e é confirmado no e-mail informado pelo advogado solicitante. São agendados 40 atendimentos, vinte em cada período.

“A advocacia que comparece diariamente para fazer seu trabalho na unidade prisional terá um local mais adequado para encontrar seu cliente, melhorando a relação em prol de dar mais dignidade às pessoas em estado de prisão. Isso só tende a melhorar os índices de ressocialização, de recuperação da cidadania dessas pessoas”, comentou o presidente da Comissão de Direito Carcerário da OAB-MT, Waldir Caldas.

Estrutura

Outra área que receberá ampliação na penitenciária é o canil, que hoje abriga cinco cães adestrados para atividades de segurança na unidade prisional.

A PCE tem diversas atividades voltadas à ressocialização dos reeducandos, entre elas uma oficina de reciclagem, 13 salas de aulas onde estudam 400 presos em dois turnos. A Penitenciária Central abriga atualmente 2 mil presos.

Participaram das inaugurações o secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores; juiz da Vara de Execuções Penais, Geraldo Fidélis; superintendente pentenciário, Gilberto Rondon Valias; diretor da PCE, Bruno Henrique Marques e servidores da Sejudh.

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Você é favorável a pena de morte?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::