Boa tarde, Domingo, 22 de Setembro de 2019
SESSÃO COM MORO
Medeiros compara oposição a 'Frajola' e Rosa Neide questiona
Já a deputada Rosa Neide usou o seu tempo para dizer que Moro está enlameado com as mensagens divulgadas.
04/07/2019 - 13h41 - Fonte: Olhar direto

Inscritos para questionarem o ministro da Justiça Sergio Moro, que esteve na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, os deputados mato-grossenses José Medeiros (Pode) e Rosa Neide (PT) se limitaram, respectivamente, a elogiar o trabalho do ex-juiz e a perguntar qual seu posicionamento sobre pessoas defendendo o fechamento do Congresso no país. O ex-magistrado não respondeu nenhum dos dois.

Moro foi até a Câmara dos Deputados na terça-feira (2), onde falou por mais de sete horas aos parlamentares sobre as mensagens atribuídas a ele e ao procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava-Jato, divulgadas nas últimas semanas pelo site The Intercept Brasil.

Durante seu tempo de fala, Medeiros, que é vice-líder do Governo na Câmara, defendeu o ministro dizendo que o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept, é um militante da esquerda e comparou a oposição ao personagem de desenho animado 'Frajola', por, segundo ele, tentar com vários planos fracassados conseguir a liberdade do ex-presidente Lula (PT).

“O povo brasileiro aos poucos está tomando pé da situação e vendo que não passa de uma coisa bem orquestrada para tentar, com alguns objetivos bem claros, como a libertação de Lula, a desconstrução da Lava Jato e consequentemente da sua principal figura, Sergio Moro. Isso está parecendo aquele desenho animado do Piu-piu, pois cada plano do Frajola dá errado e olha que faz tempo que esses planos vem dando errado. O último foi com esse rapaz, que não vou nem citar o nome dele, porque não considero ele um jornalista, mas sim um ativista”, disse o parlamentar.

Já a deputada Rosa Neide usou o seu tempo para dizer que Moro está enlameado com as mensagens divulgadas. Ela defendeu afastamento do ministro e cobrou posicionamento sobre o que ela se referiu como uma ‘onda fascista’, de pessoas indo às ruas o apoiando e pedindo fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF).

“A minha preocupação é que o senhor hoje está em um cargo de ministro e está enlameado em sérias denúncias. Como o ministério da Justiça se posiciona diante dessa crescente atitude de fascistas em todo o país?”, questionou.

Em seu curto tempo para resposta, o ministro chegou a agradecer os elogios do deputado José Medeiros e não respondeu as perguntas de Rosa Neide.

Comente através do facebook:
ENQUETE »
VOCÊ É A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2019 ::