Boa tarde, Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017
LAVA JATO
Justiça mantém depoimento de Lula para hoje e veta gravação
A defesa do petista queria que o processo fosse suspenso para que os advogados tivessem acesso total a documentos
10/05/2017 - 14h16 - Fonte: DO UOL

 

Ex-presidente Lula não conseguiu adiar interrogatório

O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Félix Fisher negou recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e manteve o interrogatório marcado para esta quarta-feira (10), na Justiça Federal do Paraná.

A defesa do petista queria que o processo, instaurado no âmbito da Operação Lava Jato, fosse suspenso para que os advogados tivessem acesso total a documentos da Petrobras anexados aos autos (estima-se que o arquivo tenha mais de 100 mil páginas), além de mais três meses para análise desse material.

O ex-presidente ainda pode recorrer do indeferimento do habeas corpus, mas não a tempo hábil de interferir no depoimento marcado para 14h de hoje em Curitiba. Dessa forma, o primeiro depoimento que Lula dará pessoalmente ao juiz Sergio Moro está confirmado.

Fisher também negou outro recurso de Lula e proibiu que o depoimento seja gravado pela defesa do ex-presidente. A defesa do petista queria levar uma equipe para a audiência a fim de fazer um registro próprio do depoimento em vídeo.

O mesmo pedido já havia sido negado por Moro. A filmagem é de responsabilidade do Judiciário, e o conteúdo costuma ser disponibilizado ao público após os depoimentos. Os advogados do ex-presidente reclamam, no entanto, que as circunstâncias da gravação são desfavoráveis ao réu.

Advogado do petista, Cristiano Zanin Martins alegou em documento enviado ao TRF-4, que é importante "capturar a completude do ato judicial para observar as expressões faciais e corporais não somente do acusado, mas também do Ministério Público Federal e do Juízo". Além da equipe de filmagem indicada por Lula, os advogados queriam que a câmera a registrar o depoimento focalizasse quem estivesse falando no momento, em vez de ficar fixa no interrogado, como é comum nas audiências da Lava Jato.

Terceiro recurso: Moro fora do julgamento

O STJ ainda não analisou um terceiro recurso da defesa de Lula, que pede a retirada de Moro do julgamento. Os advogados de Lula argumentam que o juiz federal tem sido parcial em suas decisões. 

Comente através do facebook:
ENQUETE »
O que você pensa da proposta Reforma da Previdência ?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::