Bom dia, Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018
ROMPIMENTO
Ezequiel: Maggi quer Mauro como candidato ao Governo pelo PP
Presidente regional do Progressista também avalia candidaturas de Fagundes e Antonio Joaquim
09/01/2018 - 17h30 - Fonte: Midia News

 

O presidente regional do PP, deputado federal Ezequiel Fonseca, afirmou que o ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) defende que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), seja candidato ao Governo nas eleições deste ano.

“Na construção de uma candidatura ao Governo, que poderá ser Antonio Joaquim, Wellington Fagundes ou Mauro Mendes, o ministro [Maggi] convidou o Mauro Mendes. Mas estamos construindo isso. Ele está fazendo uma defesa da candidatura do Mauro e eu estou deixando mais aberto para que possamos construir com um dos três”, disse, durante uma reunião da sigla na manhã desta terça-feira (09).

O PP, inclusive, está em negociação com o ex-gestor para que ele assine sua ficha de filiação. Quem encabeça as tratativas é próprio Maggi.

Segundo o deputado, Mauro ainda não definiu seu futuro político. O ex-prefeito também negocia com o Democratas (DEM).

“Temos mantido conversas com ele, convidando para vir ao PP. Dizendo que se ele vier, poderá ser o nosso candidato a governador, mas ele não decidiu. Está fazendo avaliações. O ministro está conversando com ele. E ele [Mauro] vai tomar a decisão que melhor entender no momento”, afirmou.

Apesar disso, o PP ainda não definiu se irá romper de modo definitivo com o governador Pedro Taques (PSDB), que deve disputar a reeleição. Nas eleições de 2014, o partido esteve na mesma coligação que o tucano.

Uma reunião na casa de Blairo Maggi chegou a ser realizada para tratar sobre o assunto. Segundo Ezequiel, a posição da sigla deverá ser anunciada em breve.

“Esse assunto tem sido ventilado quase que todos os dias dentro do partido. Um grande número membros do diretório é contra seguir na base do governador Pedro Taques, mas parte do partido faz uma avaliação e defende a manutenção, seguir a reeleição do Taques”, explicou.

“Eu tenho colocado, claramente, a minha posição como presidente. Eu vou trabalhar para que o partido não esteja na reeleição do Pedro Taques, mas preciso respeitar, porque somos um partido democrático e, se eu for vencido, preciso respeitar meus liderados”, disse.

Outros filiados

Além de Mauro Mendes, o Progressista segue em negociação para receber a filiação de outros dissidentes do PSB, como o deputado estadual Mauro Savi e Oscar Bezerra.

Entretanto, Ezequiel revelou que os parlamentares devem ingressar somente com a definição sobre como o partido disputará a eleição proporcional.

“Isso é uma discussão que estamos fazendo, porque se formos de chapa pura, dificulta a vinda deles. Se abrir, vamos abrir as portas para eles participarem. No primeiro momento, temos que esperar mais um pouco para ver o que nosso partido vai definir com os pré-candidatos. Nesta semana definiremos”, explicou.

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Em sua opinião estamos em um momento de crise financeira ou crise politica no Brasil?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::