Bom dia, Sexta-Feira, 19 de Janeiro de 2018
REPASSE
Governo anuncia atraso de salários para 35% dos servidores no valor de R$ 177 mi
Em alguns meses, o governo adotou a medida do escalonamento, o que pode voltar a ocorrer.
10/01/2018 - 14h49 - Fonte: RD News

O governo anunciou o atraso no pagamento de 34,3% dos servidores ativos do Estado. Para quitar a folha salarial, o governador Pedro Taques (PSDB) precisa levantar R$ 177,9 milhões. Não há data para o pagamento total dos salários. Nesta quarta (10) – data limite para a quitação da folha – o governo informou o pagamento de 65,7% dos servidores, entre ativos e inativos.

Governador Pedro Taques retornou das férias nesta quarta e liberou parte dos pagamentos

De acordo com o apurado pele reportagem, diferente de outros meses em que o pagamento foi realizado de forma escalonada – levando em consideração a faixa salarial -, neste mês, os salários de dezembro serão repassados de acordo com as secretarias em que cada servidor está lotado.

Conforme o Executivo, a folha líquida de todos os servidores soma R$ 519,6 milhões. Desses, R$ 158,6 milhões correspondem ao pagamento dos aposentados e pensionistas, que foi efetuado na terça (09). Outros R$ 165,8 milhões estão sendo pagos hoje e são referentes a uma parcela do pessoal da ativa, mais R$ 17,2 milhões de empregados indiretos, totalizando, assim, 65,7% da folha. Assim, falta pagar R$ 177,9 milhões. 

Ontem, a reportagem, o vice-governador Carlos Fávaro (PSD) afirmou que o governo ainda precisava de R$ 200 milhões em caixa para quitar a folha. Lembrou que a performance da última sexta (5) exemplifica a situação da arrecadação do Estado. Segundo ele, dos R$ 150 milhões estimados apenas R$ 83 milhões entraram efetivamente no caixa do Tesouro Estadual.

Meses de dificuldade

Há mais de um ano o governador Pedro Taques (PSDB) enfrenta dificuldades em honrar o pagamento da folha. Em setembro de 2016, a crise econômica acarretou no pagamento dos salários, após o dia 30, já fora do mês trabalhado. Em alguns meses, o governo adotou a medida do escalonamento, o que pode voltar a ocorrer.

Em novembro passado, quando precisou quitar a folha do mês anterior, Taques chegou ao limite de atrasar 11 dias o pagamento de alguns dos servidores. Em dezembro, os salários foram quitados dentro do prazo, graças a um grande devedor do Estado que pagou R$ 120 milhões, por meio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). (Com Assessoria)

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::