Bom dia, Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018
DESENVOLVIMENTO E
Visita a Caravana e encontro com pequenos produtores encerram agenda no norte do Estado
Ainda em Sinop, o governador esteve na Caravana da Transformação e recebeu o paciente, Wilson de Lima, de 76 anos, após o procedimento cirúrgico de catarata, de número de 50 mil.
27/05/2018 - 13h34 - Fonte: Gcom-MT

Morando a mais de 600 km de distância de Cuiabá, Alzeni Viana, encontrou na castanha tudo o que precisava para se tornar uma produtora de mão cheia. Há 15 anos, ela é o marido sobrevivem fazendo derivados da semente no município de Itaúba, cidade considerada a capital da castanha.

Compotas, trufas e a própria semente com um toque salgado ou doce foram alguns dos 25 produtos feitos por ela expostos durante o encontro Café da Roça, que reuniu neste sábado (26.05), em Sinop, pequenos produtores, representantes do segmento e membros da comitiva do Governo do Estado, liderada pelo governador Pedro Taques.

“Tenho uma barraca de castanha na rodovia em Itaubá e viajamos por várias outras cidades vendendo nossa produção em feiras. Vivo da castanha”, relatou a doceira. Da semente que ajuda no sustento da família, a produtora também conseguiu a oportunidade de se capacitar aprimorando a sua produção de doces.

“Fui capacitada pela Empaer sobre os produtos derivados da castanha. Desde então comecei a fazer a minha produção e a vender. Também recebi uma barraca de feiras para vender os meus produtos. Se não fosse a Empaer, não tinha ganho ela também. Estou feliz, porque preciso dela para trabalhar”, destacou.

Assim como Alzeni, outros cinco mil pequenos produtores sobrevivem da agricultura familiar na região. No encontro, o coordenador regional da Empaer em Sinop, Josy Caseker, citou alguns dos investimentos feitos pelo Governo do Estado na agricultura familiar e os resultados obtidos pelos produtores.

“Estão vindo resfriadores, tratores e implementos para estes pequenos tratores direcionados para a agricultura familiar, que normalmente não é assistida. O primeiro resultado obtido com isso é a profissionalização do pequeno produtor.”

Para alavancar a agricultura familiar foi elaborado um Plano Estadual da Agricultura Familiar que elenca desde a comercialização, produção até a regularização fundiária e ambiental, explicou o secretário Estadual de Agricultura Familiar, Corgésio Alburquerque, que reconheceu que o norte do Estado é uma região forte para produção agrícola.

“O governador determinou que alavancássemos a agricultura familiar no Estado e ao longo dos últimos quatro anos, conseguimos elaborar esse projeto. Observamos que aqui é uma região forte e o Governo do Estado nunca se entregou tanto para a agricultura familiar como está se fazendo agora. Vimos a necessidade não só de transferência de tecnologia, mas de organizar a cadeia em si. Então, estamos realmente focados e já sentimos o resultado”, disse o secretário.

Pesquisa no campo

Taques também se reuniu com os servidores da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) da região. Atualmente, 50 mil agricultores mato-grossense são atendidos pelos profissionais da empresa. Trabalhando ao lado dos agricultores familiares, incentivando boas práticas rurais e difundindo novas tecnologias para gerar e garantir o desenvolvimento econômico, social e ambiental da família rural, a Empaer conta com 135 escritórios e 700 servidores.

É o caso da agente administrativa da Empaer de Nova Mutum, Edenize Jortez. Há 37 anos na empresa, a servidora auxilia os pequenos produtores assentamentos de Nova Mutum e Santa Rita do Trivelato, totalizando cerca de 465 pequenos agricultores.

“Em 37 anos de empresa foi a primeira vez que tive contato com o governador, dando oportunidade de expor as ações e pedindo nossas ideias para melhorar o nosso trabalho para atender melhor a agricultor. Não precisamos esperar muito do Governo, porque já temos o principal, que é um bom salário, nos dando condições de oferecer uma boa educação aos nossos filhos”, disse a Edenize que completando que os profissionais do campo também precisam buscar parcerias junto as prefeituras e associações para fortalecer as ações na agricultura.

O presidente da Empaer, Candido Rosa, analisou positivamente a reunião. “Nada mais justo que este momento de conversa. Primeiro para agradecer que temos o segundo melhor salário do Brasil e discutir melhorias para chegar ainda melhor nos pequenos produtores”, disse.

Caravana da Transformação

Ainda em Sinop, o governador esteve na Caravana da Transformação e recebeu o paciente, Wilson de Lima, de 76 anos, após o procedimento cirúrgico de catarata, de número de 50 mil. O morador de Terra Nova do Norte foi diagnostica e operado na ação, que começou no dia 21 na cidade. Esta é a 14º edição da Caravana da Transformação no Estado, que já realizou 70 mil cirurgias oftalmológicas.  

“Fui eleito governador para cuidar daquele que mais precisam, por isso que quase 400 mil pessoas passaram pelas 14º edições da Caravana da Transformação. Fizemos 70 mil cirurgias, sendo 50 mil de catarata. Em Mato Grosso foram feitas 18 mil cirurgias de 2008 a 2014. Fizemos 50 mil cirurgias em quase dois anos. Além dos atendimentos de cidadania que todas as secretarias estão aqui”, disse Taques.

Delegacia da Mulher

O chefe do executivo também esteve nas futuras instalações da Delegacia da Mulher de Sinop, que deverá ser inaugurada ainda neste primeiro semestre. A unidade era uma reivindicação antiga dos moradores e irá fortalecer o trabalho investigativo de combate a violência contra mulheres, idosos e crianças na cidade.

“Assinamos o contrato para viabilizar a delegacia em Sinop. Esta era uma demanda de 2013, que se concluiu hoje, realizando o sonho de muitas mulheres da cidade que batalharam para a resolução desta demanda. Temos certeza que Sinop será atendida por uma rede de proteção, que irá proporcionar mais seguranças as pessoas que estão em vulnerabilidade”, disse o secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia. 

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Em sua opinião estamos em um momento de crise financeira ou crise politica no Brasil?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::