Boa noite, Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018
GRAVAÇÕES DE 2010
Mendes nega que empresário que aparece em vídeo com Valtenir seja seu coordenador financeiro
O pronunciamento de Mauro Mendes foi feito em vídeo, distribuído nas redes sociais.
05/10/2018 - 14h01 - Fonte: Olhar

O candidato ao Governo de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) se pronunciou oficialmente sobre o vídeo em que o deputado federal Valtenir Pereira (MDB) aparece recebendo dinheiro do empresário Mauro Carvalho. Mendes reforçou o argumento de Valtenir de que o vídeo foi gravado em 2010 e garantiu que o empresário não é seu coordenador financeiro, como vem sendo veiculado por adversários.

Mendes classifica o episódio como “trucagem grosseira” O democrata ainda se diz vítima de uma “quadrilha” montada para criar e espalhar notícias falsas e alega que seus adversários estão desesperados com o resultado apresentado pelas pesquisas de intenção de voto.
 
“Estamos nos aproximando mais uma vez da reta final das eleições. Graça a Deus e ao nosso trabalho estamos liderando todas as pesquisas e ai os nossos adversários estão apelando. Estão inventando mentiras, estão tentando enganar você, eleitor. Eles criaram uma verdadeira quadrilha de fake news para tentar enganar você, eleitor”, sustenta Mendes.
 
“Uma delas [fake news] agora foi um vídeo de 2010, do deputado Valtenir Pereira, tentando criar uma trucagem grosseira, uma história que não é verdade. Quero afirmar que o empresário Mauro Carvalho não é e nem nunca foi meu coordenador financeiro. Posso lhe esclarecer com toda a verdade que essas pessoas estão simplesmente tentando enganar você, eleitor”, afirma o candidato.

O democrata ainda comentou a possibilidade de vencer a eleição já no primeiro turno e alertou os eleitores sobre a chance de novos ataques surgirem até domingo. “Eu quero deixar claro que todos nós, todos vocês tem que ficar muito atentos porque eles não vão parar por ai, porque o desespero bateu do lado de lá. Vamos trabalhar ao lado da verdade, de Deus, pedindo voto até o dia 7 de outubro, e se for a vontade de Deus, do nosso povo, nós ganharmos no dia 7, no dia 8 vamos começar a trabalhar para mudar Mato Grosso de verdade.
 
O pronunciamento de Mauro Mendes foi feito em vídeo, distribuído nas redes sociais. A assessoria de imprensa do candidato informa que o coordenador financeiro da campanha é Francisco Serafim de Barros e o coordenador geral é o senador Cidinho Santos. Mauro Carvalho é apontado como somente um apoiador.
Investigações
 
O vazamento do vídeo já gerou, até o momento, três pedidos de investigação. O primeiro deles é do próprio deputado federal Valtenir Pereira, que aparece nas gravações. Ele acionou o Ministério Público Federal (MPF) solicitando apuração sobre o caso e também classificou os responsáveis pela publicação do vídeo como “quadrilha especializada em criar fake news”.
 
Além de Valtenir, os candidatos do governo de Mato Grosso Wellington Fagundes (PR) e Pedro Taques (PSDB) acionaram a Justiça cobrando investigação por conta do mesmo vídeo

Wellington encaminhou pedido de investigação ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e também à Polícia Federal e ao Ministério Público. Já Pedro Taques, ingressou com petição junto à Procuradoria Regional Eleitoral pedindo a quebra do sigilo bancário do empresário Mauro Carvalho e do deputado federal Valtenir Pereira; bem como busca e apreensão nos escritórios e comitês de todos os envolvidos, objetivando apreensão de dinheiro em espécie que estaria sendo utilizado para “caixa dois” de campanha.

A candidatura tucana também solicita para a procuradora regional eleitoral, Cristina Nascimento de Melo, a apreensão dos computadores dos comitês e escritórios, seja na tentativa de localizar o arquivo original do vídeo, seja para localizar outros possíveis vídeos onde apareçam pessoas ou candidatos recebendo recursos de “caixa dois”, assim como para localizar planilhas ou arquivos do tipo, onde possa se identificar contabilidade paralela de campanha e/ou comprovação de pagamentos via recursos não contabilizados.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::