Bom dia, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
ELEIÇÕES 2018 MATO GROSSO
Base de apoio a Mauro na AL é minoria com apenas 9; Botelho crê em ampliação
governador eleito Mauro Mendes (DEM) terá minoria na Assembleia
09/10/2018 - 10h00 - Fonte: Rdnews

governador eleito Mauro Mendes (DEM) terá minoria na Assembleia. Pelo menos é o que se vê ao analisar a lista de deputados eleitos nas eleições deste domingo (07) e os partidos que formaram sua coligação, Pra Mudar Mato Grosso, que elegeu apenas nove dos 24 parlamentares.

Entretanto, o presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) acredita que é possível formar maioria para garantir a governabilidade a Mauro. Por isso, se coloca à disposição do democrata  para dialogar com todos os parlamentares eleitos.

“Estou à disposição do governador eleito Mauro Mendes para dialogar com todos os deputados em busca do entendimento para formar a maioria necessária e promover as mudanças que o Estado precisa. O próprio governador Pedro Taques elegeu só 11 deputados da coligação em 2014, mas formou uma base com 20 integrantes. Com diálogo, é possível formar essa maioria”, declarou Botelho ao .

Se depender das siglas que apoiaram Mauro nestas eleições (DEM, PDT, PSD, MDB e PSC), são da base governista o próprio Botelho e Janaina Riva (MDB), Ondanir Bortolini "Nininho"  (PSD), Dilmar Dal Bosco (DEM), Sebastião Rezende (PSC), Xuxu Dalmolin (PSC), Dr. João (MDB),  Thiago Silva (MDB) e Allan Kardec (PDT).

No chapão pró-Mauro, que foi considerado pesado por carregar nomes fortes entre as cinco legendas, os mais cotados do DEM, que tinha 10 no páreo, eram, justamente, os já deputados Botelho e Dilmar. Pelo MDB, que teve 15 na disputa, destacaram-se os também deputados Janaína, Silvano Amaral e Romoaldo Júnior. O PDT lançou oito, apostando nos deputados Zeca Viana e Allan Kardec e no ex-prefeito de Lucas do Rio Verde Paulo Nunes – somente Allan conseguiu êxito. Do PSD, Pedro Satélite, Wagner Ramos não se reelegeram e Gilmar Fabris está com os votos congelados por conta do indeferimento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). 

Pela coligação que apoiou Wellington Fagundes (PR), A Força da União, sete candidatos foram eleitos, sendo eles Lúdio Cabral (PT), Valdir Barranco (PT), Faissal (PV), Valmir Moretto (PRB), Dr. Gimenez (PV), Paulo Araújo (PP) e João Batista do Sindispen (PROS).

Mesmo amargando a terceira colocação, a coligação do governador Pedro Taques elegeu oito deputados estaduais. São eles, Max Russi (PSB), Delegado Claudinei (PSL), Guilherme Maluf (PSDB), Elizeu Nascimento (DC), Ulysses Morais (DC), Dr. Eugênio (PSB), Wilson Santos (PSDB) e Silvio Fávero (PSL).

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::