Bom dia, Segunda-Feira, 25 de Junho de 2018
MERCADO EDITORIAL
Varejo de livros continua sua recuperação, aponta GfK
Relatório elaborado pela Associação Nacional de Livrarias em parceria com a GfK aponta crescimento nominal em valor de 10,6% no faturamento em comparação com fevereiro de 2017
29/03/2018 - 16h34 - Fonte: publishnew

Enquanto a Saraiva, a maior varejista de livros do país, chama editoras para renegociar seus créditos, mais uma pesquisa que acompanha a venda de livros no país aponta para crescimentos constantes tanto no número de exemplares vendidos, quanto no faturamento apurado com a venda de livros. Divulgado pela GfK e pela Associação Nacional de Livrarias (ANL), o relatório mensal analisa o varejo de livros no País e compara os números de fevereiro de 2018 com o mesmo período do ano passado. Na comparação mês a mês, o crescimento nominal em valor foi de 10,6%, totalizando R$ 228 milhões ante os R$ 206 milhões apurados em igual período de 2017.

Em volume, nessa comparação fevereiro 2017 x fevereiro de 2018, o crescimento foi de 11,6%, fechando o mês com 4,6 milhões de cópias vendidas versus as 4,1 milhões vendidas no ano passado.

Nos dois primeiros meses do ano, o crescimento nominal do faturamento foi de 9,9%, saltando de R$ 522 milhões, em 2017, para R$ 573, em 2018. Ainda nessa base de comparação, o número de exemplares vendidos também apresentou aumento de 8,3%. Em números absolutos significa dizer que foram 11,1 milhões de cópias vendidas em 2018 versus as 10,2 milhões de 2017.

O preço médio do livro ficou mais alto, segundo a apuração da GfK. Saltou de R$ 50,72 para R$ 51,45, aumento de 1,4%, abaixo, portanto da inflação acumulada nos últimos 12 meses, que é de 2,86%, segundo o IPCA 15. O desconto médio aplicado pelas livrarias monitoradas pela GfK sofreu variação de 2,8 pontos percentuais.

Assim como no último relatório apresentado pela GfK, o seguimento de HQ foi o que mais apresentou crescimento (+51,9%), seguido pelos livros Religiosos (+23,9%), Ciências Humanas (+19,3%), Autoajuda (+19,2%) e Didáticos (+14,6%), e o canal especializado, livrarias, continua sua recuperação crescendo 11% em faturamento no ano.

Clique aqui para baixar a íntegra do relatório.

TAGS: ANLGFKMERCADO DO LIVRO GFK / ANL

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Em sua opinião estamos em um momento de crise financeira ou crise politica no Brasil?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::