Boa noite, Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018
SAÚDE
Comissão Intergestora Bipartite realiza última reunião de 2017
A ação visa a desocupação dos corredores da unidade, trazendo a perspectiva de uma nova realidade e um atendimento digno à população.
08/12/2017 - 16h00 - Fonte: SES-MT

Foi realizada nesta quinta-feira (07.12), a última reunião da Comissão Intergestora Bipartite (CIB) do ano de 2017, no Hotel Fazenda Mato Grosso. A reunião tratou temas relacionados à manutenção da saúde no Estado e fez também um balanço geral sobre o ano na Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A Comissão Intergestora Bipartite do Estado de Mato Grosso é uma instância colegiada de articulação, negociação e pactuação entre gestores estaduais e municipais, que visa à operacionalização de políticas públicas no Estado, e que são de interesse do Sistema Único de Saúde (SUS). Pode também ser entendida como um espaço de gestão compartilhada e a participação dos gestores é de extrema importância para discutir os projetos prioritários do Estado.

A retomada dos Hospitais Regionais e o desempenho deles antes e após essa ação, a habilitação da Unidade Móvel do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Correa (Cridac), Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF), entre outros assuntos, foram tratados. “Fizemos a habilitação, credenciamento de unidades de saúde da família e apresentamos o desempenho das mudanças que aconteceram em Sinop. O município de Cuiabá também apresentou mudanças importantes na questão da gestão do Pronto Socorro em relação aos pacientes do interior, e tivemos uma apresentação sobre a questão da assistência farmacêutica”, relatou Fátima Aparecida Ticianel, secretária executiva de Saúde.

Um dos assuntos discutidos foi a desospitalização. Em dois anos, 24 paciêntes crônicos do Hospital e Pronto Socorro Municipal e Cuiabá continuaram seus tratamentos em casa. O assunto chama a atenção na área da saúde, sempre considerando o caso como apto para ser tratado fora do hospital, após uma série de exames. A ação visa a desocupação dos corredores da unidade, trazendo a perspectiva de uma nova realidade e um atendimento digno à população.

A liberação dos leitos facilita o aumento de vagas e aumenta a rotatividade daqueles que precisam dos serviços do Pronto Socorro. Essa rotatividade também é vista com bons olhos no controle de infecções e na diminuição da resistência bacteriana, o que conseqüentemente diminui a probabilidade de óbitos. Foi observado também que a recuperação do paciente em seu domicílio tem mais sucesso que aquele que segue internado.

Ao final da reunião da Comissão, foi feito um balanço geral do ano que se encerra. “Acho que tanto o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems-MT) quanto a Secretaria Estadual de Saúde avaliam que o ano finaliza com um resultado importante. Acredito que a SES também deu passos importantes do sentido de assumir a gestão hospitalar, melhorar alguns processos de trabalho, e acho que esse é o principal saldo desse colegiado hoje”, finalizou a secretária Fátima.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::