Boa noite, Quinta-Feira, 15 de Novembro de 2018
CAOS NA SAÚDE
Com paralisação do setor de limpeza, pacientes vivem momentos de caos no Hospital Regional
Agora funcionários e pacientes são obrigados a conviverem com a sujeira
26/10/2018 - 10h23 - Fonte: Agora mato grosso

Por falta de repasses, os funcionários da empresa prestadora de serviço de higiene hospitalar no Hospital Regional de Rondonópolis (MT) cruzaram os braços por determinação da própria empresa. Conforme informações, faz três meses que os pagamentos estão atrasados.

Diante da situação, o Hospital que já foi interditado pela Vigilância Sanitária da cidade e também do Estado de Mato Grosso (MT) por apresentar problemas com a estrutura do prédio e possui os procedimentos eletivos cancelados, agora também encontra-se com a coleta de lixo atrasada. Agora funcionários e pacientes são obrigados a conviverem com a sujeira.

Mas esses também não são os únicos problemas encontrados no Hospital, o prédio também já ficou alagado com as chuvas, e ratos já foram encontrados pelos corredores do Hospital dividindo espaço com os pacientes e funcionários.

“O Hospital Regional está indo ao caos. Além dos salários dos médicos atrasados. Agora está faltando insumos e materiais para exames no Laboratório. Pior, falta material de limpeza e salários dos servidores deste setor. Vai chegar uma situação em que o odor vai tomar conta” disse um dos Diretores do Sindicato da Saúde de Mato Grosso, Jaime Araújo.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram funcionários de outros setores limpando algumas partes do Hospital. “Como os servidores da limpeza estão em greve quem tem que fazer o trabalho são os técnicos no Laboratório” pontua Jaime.

Com os atendimentos eletivos suspensos, apenas casos de urgência e emergência estão sendo atendidos, até a regularização do estoque de medicamentos e materiais.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::