Boa noite, Domingo, 22 de Setembro de 2019
AGOSTO CONSCIENTE
Secretaria de Saúde orienta gestores a desenvolver ações de valorização da paternidade
31/07/2019 - 10h38 - Fonte: Assessoria

 

Com o slogan “Seja pai, esteja presente e participe!”, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) lança orientações para que os gestores e profissionais das Secretarias Municipais de Saúde dos 141 municípios desenvolvam ações de valorização da paternidade no mês de agosto.

O tema deste ano foi definido pelo Ministério da Saúde como forma de inserir o homem nos serviços da rede pública de saúde por meio da paternidade, com ênfase na importância do pai no nascimento dos filhos. O objetivo é construir a relação de parceria no processo de maternidade e promoção cultural da inclusão do homem – especialmente do pai, no sistema de saúde, que ainda registra mais assiduidade por parte da mãe ou de mulheres.

De acordo com especialistas, a presença do pai no pré-parto, parto e pós-parto é muito importante, na medida em que proporciona vantagens para a saúde do homem, da mulher e da criança. Outro aspecto social importante da presença do homem é o compartilhamento do cuidado com o recém-nascido entre o pai/parceiro e a mãe, que acaba gerando vínculos afetivos saudáveis e qualidade de vida para todos da família.

Mudança de cultura

De acordo com Alberto Yoshiara, da Área Técnica de Atenção Integral à Saúde do Homem do Estado de Mato Grosso, existem ações que podem ser promovidas e desenvolvidas pelos municípios para garantir a presença do pai durante as gestações das parceiras.

"Durante o pré-natal, é possível orientar aos pais em relação ao direito de faltar até dois dias de trabalho para acompanhar consultas médicas e exames complementares durante o período de gravidez da companheira; sobre o direito de ampliarem a licença paternidade em mais 15 dias, além dos cinco dias garantidos pela Constituição Federal, caso a empresa em que trabalhe seja uma empresa cidadã; além de ajudar na divulgação de cartazes e imagens nas maternidades alusivas à importância da presença do pai, para que ele perceba que esse local também o pertence; sobre a criação de grupos para que eles possam compartilhar suas dúvidas e anseios durante esse período", explicou.

A Rede Básica de Saúde exerce papel fundamental no processo de inclusão do homem no Sistema Único de Saúde (SUS), bem como de inseri-lo em ações de rotina da maternidade relacionadas ao sucesso do aleitamento materno.

A Rede Municipal de Saúde dispõe de serviços preventivos para a saúde do homem, como exames, medicamentos, métodos de prevenção da gravidez indesejada, por meio do planejamento reprodutivo e as opções de métodos contraceptivos que possam ser usados após o nascimento do bebê, se o casal assim desejar.

São diversos os serviços de orientação e de prevenção que a Rede Municipal de Saúde pode ofertar para a saúde do homem – desde a sua infância, adolescência, idade adulta, no processo da paternidade e na velhice.

Os gestores e profissionais de saúde sabem que os pais/parceiros podem participar do pré-parto, parto e pós-parto, se for a escolha da gestante, de acordo com a Lei 11.108/2005, conhecida como a Lei do Acompanhante, que determina que os serviços de saúde do SUS, da rede própria ou conveniada são obrigados a permitir à gestante o direito ao acompanhante durante todo o período e trabalho de parto, parto e pós-parto.

Serviço

Na SES-MT, o homem pode contar com o serviço de Ouvidoria Setorial pelo email ouvidoriasetorial@ses.mt.gov.br ou pelos seguintes contatos: (65) 3642-4366 / 0800-647-1520 / 3613-5392.

Comente através do facebook:
ENQUETE »
VOCÊ É A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2019 ::