Boa tarde, Domingo, 18 de Fevereiro de 2018
EDUCAÇÃO
Semana Pedagógica leva empreendedorismo para dentro das salas de aula
De acordo com a proposta de trabalho, em cada um dos diferentes níveis da educação básica os estudantes, juntamente com seus professores, trabalharão com temas conforme suas faixas etárias.
07/02/2018 - 07h55 - Fonte: Assessoria Prefeitura

Plano de negócios para novas empresas, mapas com estratégias de captação de clientes em potencial, identificação de demandas, desenvolvimento de produtos e marca, organograma com funções e atribuições, além de uma imersão no mundo business. Rotinas desta natureza podem até parecer comuns a quem está familiarizado com a administração de empresas e o ramo dos negócios. Mas se engana quem pensa que estes temas são uma exclusividade do mundo corporativo. 

Quem percorre os corredores da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus de Sinop, nesta semana, encontra bons exemplos da prática empresarial sendo incorporada ao cotidiano pedagógico. De capacitações voltadas ao empreendedorismo ao desenvolvimento de produtos e montagem de projetos de escolas-empresas, a Semana Pedagógica realizada pela Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (S.M.E.E.C) de Sinop está proporcionando a um grupo de professores da Educação Infantil ao Ensino Fundamental novas descobertas e aprendizados.

Com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), responsável pela capacitação dos agentes da educação, o empreendedorismo ganhou espaço dentro da programação da Semana, iniciada na segunda-feira (05) e que segue até o próximo dia 15. Todas as ações de formação estão inclusas no projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos, que, pela primeira vez, chegará às escolas de educação básica do município de Sinop.

Conforme explica a consultora do Sebrae, Marciane Souxa Silva Mantovanelli, dentro da Semana Pedagógica o Sebrae leva até os profissionais da rede municipal de ensino a formação e metodologia necessárias para que os servidores possam aplicar e desenvolver os trabalhos dentro das 37 escolas da rede. Toda parceria se dá de forma gratuita e sem a incidência de despesas para a rede municipal.

"O objetivo do Sebrae é levar o empreendedorismo para dentro das salas de aula por meio dos professores em uma dinâmica muito natural e, assim, poder levar o comportamento empreendedor para esse aluno", destacou a formadora acrescentando, ainda, que nas escolas municipais estes professores participantes da formação atuarão como mediadores, trabalhando com seus alunos etapas desde plano de negócios, identificação de produto até a finalização e avaliação pós-venda. Todas as ações da empresa-escola vão resultar em uma feira programada para o segundo semestre e na qual serão expostos os diferentes trabalhos das turmas de Educação Infantil e Fundamental.

Em um de seus eixos de atuação, salienta ainda a consultora, a intenção é despertar crianças do 1º ao 8º anos o espírito de protagonistas no processo. "Colocar esse aluno como protagonista da sua vida e levar isso não só para dentro das escolas, mas para dentro de casa também", reforçou.

De acordo com a proposta de trabalho, em cada um dos diferentes níveis da educação básica os estudantes, juntamente com seus professores, trabalharão com temas conforme suas faixas etárias. Enquanto os estudantes do 1º ano trabalharão com o mundo das ervas aromáticas e o despertar de sentidos e cheiros, as turmas de 2º ano vão explorar o contexto dos temperos naturais; por sua vez; as crianças do 3º ano trabalharão brinquedos ecológicos; o 4º ano locadora de produtos, prestando serviços à comunidade; 5º ano com gastronomia, sabores e cores; 6º ano ecopapelaria; 7º ano artesanato sustentável; e, 8º ano, com empreendedorismo social.

Professora das turmas de 1º ano da Escola Municipal Taciana Jordão e participante da Semana Pedagógica, Terezinha Simioni lembrou que, embora desafiadora a proposta do projeto, desvendar o empreendedorismo é uma forma de agregar na construção de conhecimento para os alunos.

"Ficamos muito preocupados, pois seria mais um tema que a ser acrescentado no conteúdo das disciplinas. Mas estamos vendo que não e que dá para ser integrado às outras disciplinas. Vai ser algo a mais a ser acrescentado para o aprendizado das crianças", observou.

Opinião semelhante da professora de linga Inglesa das turmas de sétimo ano da Escola Municipal Centro Educacional Lindolfo José Trierweiller, Juliana Campos. Como destaca a educadora, o empreendedorismo, para alguns professores, também é novidade e, tal qual os estudantes, a construção do conhecimento será realizada de forma concomitantemente entre as duas partes. Ela lembra que, para dar certo, o trabalho em equipe será determinante.

"São a base para tudo isso a colaboração, a participação e a cooperação. Você não vai poder trabalhar sozinho, caso contrário, não vai dar certo. É neste projeto, penso eu, que a gente vai descobrir o potencial dos alunos. A questão é eles terem oportunidade de levar isso para a vida. De repente, ali, eles descobrem até mesmo uma futura profissão, alguma coisa que ele não tinha ideia de que era capaz de fazer e descobre que é bom disso, com o incentivo", observou Juliana.

Formadora do Centro de Formação Continuada da Rede Municipal de Ensino de Sinop (CEFORME), a educadora Jaqueline Diel destaca que durante a Semana Pedagógica mais de 900 professores da rede são envolvidos no trabalho. Além de proporcionar a integração e intercâmbio entre as práticas desenvolvidas pelos profissionais, a Semana atua também no sentido de rememorar práticas que, muitas vezes, acabam sendo deixadas de lado.

"É o momento que a gente reúne todos os profissionais da educação para discutir novas práticas, experiências que os formadores estão trazendo. Sempre precisamos visar ao aprendizado das crianças e a Semana Pedagógica vem contemplar isso. São experiências muito produtivas pelas quais os professores se encontram e discutem novas possibilidades para aquelas crianças que estão lá na ponta esperando o trabalho durante o ano", concluiu.

A volta às aulas na rede municipal de ensino começa no próximo dia 16 de fevereiro.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::