Boa noite, Sábado, 18 de Novembro de 2017
PROCON
Reclamações com Energisa podem ser solucionadas em tempo menor
A Energisa ofereceu um treinamento de leitura da própria conta, bandeiramento e tarifa para a próxima sexta-feira, 20, das 07h às 13h, na sede do Procon.
16/10/2017 - 19h06 - Fonte: Assessoria da Prefeitura

 

O diretor do Órgão de Defesa do Consumidor de Sinop (Pocon), Cristiano Peixoto, esteve, recentemente, reunido com representantes da Energisa, a fim de estabelecer um canal mais direto entre o Órgão e a Concessionária durante o registro de reclamações no fornecimento do serviço. Ele esclarece que o intuito é resolver a insatisfação do cliente sem que seja necessário chegar à audiência de conciliação.

Peixoto admite que a iniciativa pela reunião foi da própria Concessionária, pois eles têm interesse em reduzir a quantificação de reclamações. Ele explica que o canal que começa a ser estabelecido poderá ser responsável pela diminuição do número de audiências. “Eles querem, realmente, estreitar os laços com o Procon para poder resolver os problemas só no atendimento preliminar, sem baixar para audiência e sem petição”.

Ainda segundo o diretor, esse estreitamento com a Concessionária que, somente no mês de setembro registrou 15 reclamações de consumidor, ajudará na diminuição de custos e encurtamento de prazos para a solução dos problemas.

As respostas para o consumidor têm demorado em torno de 90 dias ou até 120 dias, variando de acordo com a burocracia estabelecida para cada processo. Peixoto cita o exemplo de que, após enviar uma Carta de Informação Preliminar (CIP), que pode demorar 30 dias, marca-se a audiência para depois de 30 a 45 dias. “Isso pode culminar em 75 dias gastos e o problema do consumidor corre o risco de não ser resolvido”.

Outro ponto ressaltado é a diminuição de gastos, tanto para Procon quanto para empresa reclamada. Ele exemplifica, ao apontar um processo, dizendo que: “eu tive dois gastos (com papel, com tinta, com correio) e o problema não foi resolvido. É importante poder estreitar essa relação porque a gente pode resolver muita coisa no atendimento preliminar”, pontuou o diretor ilustrando que a prática já é comum com empresas como a Móveis Gazin, Móveis Martinelli e Água de Sinop.

No balanço geral da reunião, tanto diretor do Órgão de Defesa do Consumidor quanto representantes da Concessionária de Energia, apontam um saldo extremamente positivo.

A Energisa ofereceu um treinamento de leitura da própria conta, bandeiramento e tarifa para a próxima sexta-feira, 20, das 07h às 13h, na sede do Procon.

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Você é favorável a pena de morte?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::