Bom dia, Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017
DE SINOP
Sinopense supera cuiabano e fatura torneio de tênis
O próximo torneio será na 1ª quinzena de dezembro e já há novidades para o próximo ano
20/11/2017 - 16h34 -

 

Mathaus Fellipe Spiering vence Robson Nunes na final da 11ª etapa do Circuito Estadual de Tênis, o torneio Casa Prado Open de Tênis, na categoria 1ª Classe Profissional, que foi realizada de 15 a 19 de novembro, no Cuiabá Tênis Clube, na capital mato-grossense. E agora avançam para a 12ª e última etapa da competição, o Master de Tênis, que será de 06 a 10 de dezembro, na Companhia do Tênis, em Cuiabá, com entrada gratuita para o público do esporte.

Na 1ª Classe Pro, Robson Nunes segue líder com 1.110 pontos e participação em dez das onze etapas já realizadas, mas Mathaus Spiering sobe uma posição e fica em 2º lugar com 840 pontos e participação em cinco torneios. Eles já se enfrentaram por cinco vezes no circuito deste ano, Mathaus venceu em quatro deles e Robson em apenas um. E, conforme o histórico dos demais anos, em que Robson detinha a hegemonia, tais resultados sinalizam um novo “Rei do Pedaço”.

“O que mudou? Primeiro a confiança. Tenho jogado mais torneios do que em outros anos e isso dá mais ritmo de jogo. E quanto mais você joga com o mesmo adversário, melhor você fica e melhor você se adapta. Antigamente não sabia como vencer o Robson, mas meu irmão Márvin assistiu um jogo nosso, eu contra Robson, e me passou algumas dicas de como vencê-lo. E, a partir de então, tenho aplicado essas dicas e isso tem dado certo”, conta Mathaus.

Na 11ª etapa, Mathaus Spiering ganhou de Robson Nunes, na partida final da 1ª Classe Pro, por dois sets a zero e placar parcial de 6/0 e 6/1. E, antes disso, havia vencido Wesley Nunes, o irmão de Robson, na semifinal, por dois sets a um e parciais de 6/2, 2/6 e 10/8. E, segundo Spiering, tal placar de 6/0 e 6/1 em cima do campeão estadual 2016, Robson Nunes, não foi um golpe de sorte, mas o resultado de um trabalho e de uma nova estratégia de enfrentamento.

“Essa vitória por 6/0 e 6/1 não foi simplesmente sorte. No confronto anterior, na etapa passada, eu também venci Robson por um placar desses. Lá na 10ª etapa venci ele, na semifinal, por 6/1 e 6/1. Lá eu achei que tinha sido sorte, mas ao repetir essa vitória vi que não foi sorte. Neste último jogo, ele errou bem mais que no outro e eu me impus. Consegui atacar melhor, ir para o ponto fraco dele e fazer um jogo dinâmico. Estou no auge de minha carreira”, finaliza Spiering.

Mathaus Spiering, 22 anos, professor de tênis e sinopense, foi campeão em quatro dos cinco torneios que participou e foi vice-campeão no outro. Venceu a 3ª etapa ao superar Caio Marques por 3/6, 7/6 e 10/5, foi vice na 4ª etapa ao perder para Robson por 2/6, 6/4 e 5/10, depois foi campeão na 8ª etapa ao ganhar de Caio por 1/6, 6/4 e 10/5, foi campeão na 10ª etapa ao vencer Caio por 6/2 e 6/1 e campeão na 11ª ao derrotar Robson Nunes por 6/0 e 6/1.

Novidades

De acordo com o presidente da Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), Rivaldo Barbosa, o interior do estado tem participado de forma expressiva no Circuito Estadual de Tênis e, por conta disso, já foram ratificados três novos torneios no interior do estado para 2018. Segundo ele, a cidade de Sorriso sediará dois torneios, um no 1º semestre e outro no 2º semestre, e o município de Alto Araguaia receberá outro, assim aumentando ainda mais o engajamento do interior.

“Continuaremos com os dois torneios em Sinop e ampliaremos para outros dois em Sorriso. O que fará com que o pessoal da região, que com certeza são mais de 200 tenistas ativos, possam participar do circuito e do ranking jogando quatro etapas na própria região, sem precisar se deslocar para a capital. Dessa forma esses tenistas farão frente aos tenistas da capital, que são mais privilegiados por terem de 8 a 10 torneios em Cuiabá”, fala o presidente, Rivaldo Barbosa.

Texto e Fotos: Junior Martins

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::