Bom dia, Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017
RELATORIO
Prefeita recebe vereadores e atingidos por barragem para discutir reivindicações
Segundo os vereadores, as solicitações dos atingidos direta ou indiretamente versam sobre três pontos
28/11/2017 - 11h02 - Fonte: Assessoria da Prefeitura

A prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), recebeu os vereadores Luciano Chitolina (PSDB) e professor Hedvaldo Costa (PR), acompanhados dos representantes de fazendeiros e proprietários da região que será atingida pela barragem da usina hidrelétrica da Sinop Energia. Eles pediram apoio da gestora no diálogo junto ao Ministério Público Federal e Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), para que sejam corrigidos os apontamentos levantados em relatório técnico elaborado pela comissão da Câmara Municipal.

Segundo os vereadores, as solicitações dos atingidos direta ou indiretamente versam sobre três pontos, sendo eles: os valores pagos nas indenizações, apontados como muito abaixo do preço de mercado, a logística da região como estradas e ponte, uma vez que atinge vários produtores que dependem do acesso para escoamento da safra e o terceiro ponto está relacionado à mudança no projeto referente à supressão vegetal do lago, que a Sinop Energia pretende reduzir de 100% para 50%.

“Viemos pedir à prefeita que ela se sensibilizasse com a situação de todos os atingidos e mostrar pra ela também a questão da perda que terá o município no ISSQN com a redução da questão da supressão vegetal”, explicou o vereador Luciano Chitolina, que presidiu a comissão na Câmara de Sinop.

Para o produtor rural Marcelo Martins Miguel, um dos representantes dos atingidos, é fundamental a participação da administração municipal no tema e considerou como positivo o encontro. “Viemos pedir apoio do Poder Público para que o relatório feito pela comissão da Câmara que estudou os problemas decorrentes da implantação do lago”.

Durante a reunião, eles entregaram a prefeita o relatório completo com os dados levantados e informações do Incra e pediram também que a gestora auxilie no diálogo com as outras instituições. “Para que a prefeita se una a Câmara e produtores e possa intervir junto na cobrança maior ao Ministério Público, que já tem o relatório da Câmara, e que a Sema não aceite o segundo projeto”, pontuou o vereador Hedvaldo Costa.

A prefeita Rosana Martinelli garantiu que o município vai participar das conversas sobre o tema, inclusive em reunião com outros municípios atingidos pelas obras da usina. “Vamos participar dia 30 em Cuiabá de uma reunião com os 13 municípios atingidos para somarmos força para que esses assuntos sejam resolvidos, porque não são apenas de Sinop. Hoje essa comissão nos encaminhou um relatório com as informações de tudo que está acontecendo. É importante porque vamos estar embasados em números e documentos para que possamos ajudar. Temos que realmente preservar os direitos do nosso município”, asseverou a gestora.

Comente através do facebook:
ENQUETE »

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::