Boa tarde, Quarta-Feira, 28 de Junho de 2017
Neurociência
Cientistas descobrem sinais de vida após a morte cerebral
Pesquisa revelou que existe atividade no cérebro em um profundo estado de coma após o que é considerado atualmente o fim vital
20/09/2013 - 12h23 - Fonte: Equipe Megacurioso

Você sabia que o cérebro pode registrar atividade depois do estado que tem sido considerado atualmente como a morte cerebral? Uma nova pesquisa da Universidade de Montreal descobriu que existe um profundo estado de coma, que vai além do que os médicos consideram a linha final.

Tradicionalmente, quando um registo de eletroencefalograma só mostra uma linha plana, é considerado que a atividade do cérebro cessou. Mas, a equipe de pesquisa descobriu que a atividade pode retornar novamente através de um coma induzido. Em um artigo publicado quarta-feira na revista PLOS One, os pesquisadores afirmam que este estado de coma recém-identificado é "a forma mais profunda de coma obtido até agora".

Pesquisa em felinos
A descoberta pode afetar o que os médicos consideram hoje como a verdadeira morte cerebral. "No mínimo, os resultados atuais devem ser úteis para os médicos na avaliação de profundidade do coma do paciente. Também deve chamar a atenção para as dificuldades em estabelecer a morte cerebral clínica”, afirmam os pesquisadores.

Porém, embora ainda não esteja muito claro por que a atividade do cérebro retorna neste coma profundo, os pesquisadores sugerem que as principais funções do cérebro relaxam, enquanto outras funções podem tornar-se livres de restrições anteriores e iniciam novas atividades.

Para chegar a essa conclusão, a pesquisa foi realizada com felinos, sendo que 26 gatos foram anestesiados em um coma induzido profundo. A partir daí, os pesquisadores mediram as atividades cerebrais dos gatos nas regiões corticais superiores e hipocampo. Em todos os gatos, um "evento de ondulação" era evidente no hipocampo após o eletroencefalograma se mostrar com a linha plana.

Os resultados foram similares aos que foram vistos em um paciente humano, cuja atividade cerebral, considerada nula, retornou após ter sido dada uma medicação para epilepsia enquanto em coma profundo. 

Comente através do facebook:
ENQUETE »
O que você pensa da proposta Reforma da Previdência ?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2017 ::