Boa noite, Sexta-Feira, 27 de Abril de 2018
TRAGÉDIA
Professora morre em colisão entre Celta e carreta na BR-070; prefeitura decreta luto
A educadora, historiadora e escritora participou da comemoração do Cinquentenário de Barra do Garças em 1998, organizou concursos literários
13/12/2017 - 15h20 - Fonte: Olhar Direto

Um grave acidente na manhã desta quarta-feira (13) tirou a vida da professora e historiadora Zélia dos Santos Diniz, de 79 anos. Ela conduzia um celta, pela BR-070, quando colidiu de frente contra uma carreta, próximo ao Parque de Exposição de Barra do Garças (520 quilômetros de Cuiabá).
 
Segundo as informações iniciais, a professora seguia pela rodovia federal quando o acidente foi registrado. O impacto foi tão forte, que Zélia morreu na hora. O condutor da carreta foi submetido ao exame de bafômetro, que não acusou a ingestão de bebida alcoólica. Ele alegou que o veículo de passeio teria invadido sua pista.
 
Porém, os dois veículos ficaram parados no sentido em que a professora seguia. As reais causas serão esclarecidas em laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). O veículo de passeio foi arrastado por quase 200 metros. De acordo com informações, Zélia tinha ido ao aeroporto de Barra do Garças levar um sobrinho e no retorno se envolveu no acidente.
 
Zélia é uma historiadora conhecida na região do Araguaia e já escreveu mais de 10 livros falando sobre Aragarças e a região. Além disto, também é presidente da Academia de Letras de Barra do Garças.
 
A professora nasceu no dia 28/02/1938 em Pacatuba/CE, foi regente e gestora escolar no ensino fundamental, médio e superior; trabalhou nos Estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso e Goiás, onde residia na cidade de Aragarças.
 
A educadora, historiadora e escritora participou da comemoração do Cinquentenário de Barra do Garças em 1998, organizou concursos literários, varais e chuvas de poesias, exposições de artes plásticas, artesanatos e lançamento de obras literárias através da Academia de Letras, cultura e artes do Centro oeste e do Centro Cultural Fundação Brasil Central e criou o Museu da Casa das Pedras, disponibilizando o imóvel e o acervo pessoal.
 
Escreveu vários livros: Município de Aragarças, Conhecendo Barra do Garças, Redescobrindo o Brasil, Conhecendo Torixoréu, Aragarças como te vi, Cinquentenário de Emancipação Política de Barra do Garças, Araguaia – Leste/Oeste e Nas trilhas do Roncador.
 
“É com muito pesar que informamos o falecimento de Zélia, uma grande mulher, professora, historiadora e escritora, que nos deixou na manhã desta quarta-feira, vítima de um acidente de trânsito. Lamentamos profundamente seu passamento neste dia triste para Barra do Garças e todo a região”, disse o prefeito de Barra do Garças, Roberto Ângelo de Farias.
 
Já o prefeito de Aragarças (GO), José Elias, decretou luto oficial de três dias no município. (Com informações do Araguaia Notícias)

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Em sua opinião estamos em um momento de crise financeira ou crise politica no Brasil?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::