Bom dia, Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018
"NÃO TINHA MAIS CREDIBILIDADE"
Thiago Gagliasso conta que voltou a atuar para se reconectar com o irmão, Bruno
Ator, que está em cartaz com o espetáculo 'Um Quase Gagliasso', conta que voltou a atuar após dar um fim a sua vida de playboy e, com isso, conseguir se reconectar com o irmão
09/05/2018 - 15h54 - Fonte: A QUEM

 

Thiago e Bruno Gagliasso

Thiago Gagliasso relembrou o começo de sua carreira durante uma entrevista para o canal do YouTube Cara a Tapa. O ator, que é irmão de Bruno Gagliasso, disse que se deslumbrou quando começou a atuar aos 18 anos, na novela Luz do Sol, da Rede Record.

"Me deslumbrei! Eu era muito novo. E você não precisa vir de uma família muito humilde para se deslumbrar. Meus pais nunca foram ricos, mas sempre estudei em colégio particular... E me deslumbrei. Com 17 anos, ganhava mais do que meus pais. Passei muito fácil (no primeiro teste). Meu início de carreira era muito mais promissor do que o do meu irmão. Meu irmão demorou seis ou sete anos para conseguir um contrato. Eu consegui na minha primeira novela na Record", relembra.

O ator, que atualmente está com 28 anos, reconhece a importância e o peso do irmão na sua carreira. "O sobrenome Gagliasso me fez pular etapas, me fez entrar em teste. É como se eu não tivesse estudado e tivesse passado em um concurso. Não respeitei a minha profissão. O foda-se deu errado para mim. Eu era playboy", relembra ele, que ganhava mesada do irmão.

"Até dez anos atrás, eu ganhava 400 reais do meu irmão, que me dava moral. Ele comprava um carro zero e deixava o irmão mais novo dirigir. Meu irmão sempre respeitou a profissão. Ele começou a atuar quando meu pai quebrou. Ele assumiu uma responsabilidade familiar que só veio para mim agora com o meu filho", explica ele, que é pai de Gabriel, de 2 anos.

De volta aos palcos com o espetáculo Um Quase Gagliasso, Thiago disse que apenas passou a sentir falta de atuar quando sua vida de playboy acabou. "Voltei a atuar quando senti falta de ter um algo a mais na minha vida, quando acabou a minha vida de playboy", conta. "Estava vendo a carreira do meu irmão decolar. E eu?", continuou.

O espetáculo também o ajudou a fazer as pazes com o irmão. "Meu irmão sempre foi uma referência. Nunca deixou de me ajudar. Ele nunca disse não para mim. Talvez ele tenha até errado nisso. Escrevi essa peça para me reconectar com ele profissionalmente. Para falar: 'Olha, sou um profissional e não vou fazer você passar vergonha'. Antes, quando eu entrei, ele falou: 'Meu irmão quer aparecer. Meu irmão não é ator. Ele é desinibido.' Não honrei a camisa que ele me deu, de ser um Gagliasso", explicou ele, que relembrou a reação do irmão quando resolveu voltar a atuar, neste ano.

"Meu cartão de crédito com ele já tinha sido encerrado. Era só débito e estava cheio de dívidas. Falei: 'Bruno, escrevi uma peça. Ele respondeu: 'Quer comer o que?'. Eu já não tinha mais credibilidade artística com ele. Eu assino um contrato que o cara demorou dez anos para assinar, assino em dois testes, ganho o dobro que ele ganhava no início da carreira dele inteira, pego esse contrato e desdenho, falto a gravação, desrespeito pessoas...  Ele me ama porque sou irmão dele, mas pensava: 'Meu irmão deu mole'.  Você olhar para um cara que você tem orgulho e ele não te olhar com o mesmo orgulho, era a maior dor que eu tinha."

Thiago, que estreou seu espetáculo no dia 5 de abril, está em cartaz no teatro Laura Alvim, no Rio de Janeiro

Fonte: https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2018/05/meu-inicio-de-carreira-era-muito-mais-promissor-do-que-o-do-meu-irmao-conta-thiago-gagliasso.html

Comente através do facebook:
ENQUETE »
Em sua opinião estamos em um momento de crise financeira ou crise politica no Brasil?

FOTO NOTÍCIA
:: MT24Horas - Todos os direitos Reservados - Copyright 2018 ::